Score
21 agosto, 2013Por Betina Siegmann

Screen Shot 2013-08-20 at 19.18.32

“Se tivesse que levar um gringo por um tour por São Paulo, onde o levaria?”

Começaria o dia no Madureira Sucos com um pão de queijo, um sanduba de queijo minas e um suco misturado com água de coco.

Depois um rolê pelo Ibira que é lindo (e dependendo do que estivesse em cartaz no MAM ou na Oca, daríamos uma passadinha lá).

Levaria na Pinacoteca que é um lugar lindo que amo.

Se o gringo for mais tradicional, eu almoçaria no Figueira Rubayat (é uma dica clichê e eu não freqüento o restaurante, mas impressiona os gringos com aquela árvore maravilhosa e com um conjunto legal de comida, serviço, drinks e tal). Ou se for alguém mais descolado, almoçaria no Maní. O Dalva e Dito também poderia ser uma boa pedida.

De tarde eu passearia pela Oscar Freire e pelo Iguatemi, se shopping estiver nos planos, ou daria uma volta pelas galerias de arte mais bacanas como Vermelho e Zipper.

Terminaria o dia com um drink no Mercearia São Roque, por ser um programa bem paulista, e jantaria ou no Ohka ou Nagayama Café (se japa for a ideia), ou no Spot (badalo “colorido” e super astral), ou no Alucci (se for um esquenta!), ou no Gero (se for mais tradicional).

14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:Pequeno Tour em Sampa!

  1. Sonia

    Poxa, nem mesma eu e muitos que conheço, sendo brasileira e paulistana, conheço estes lugares. Acho esta visão estaria um pouco fora do que é estar no Brasil.