Score
23 fevereiro, 2016Por Michelle Mariotto

Hey, Betty people!!! Tudo bem?

Hoje vou começar o post com uma historinha… Quando comecei aqui no Bettys, era corriqueiro acontecer de eu preparar um post muito parecido ou com o mesmo tema que a Cris ou a Sophia, sem que tivéssemos combinado anteriormente. A gente brincava que isso era sincronia pura. Vira e mexe isso ainda acontece por aqui e, curiosamente, acabou de rolar da mesma forma com a Dani, minha partner lá no Blog Midá. Semana passada eu estava com as fotos pré selecionadas para esse post e, quando vi, a Dani tinha acabado de postar um com o mesmo assunto por lá. Problema? Nenhum, já que com isso vocês ganham duas abordagens e muitas fotos a mais de referência sobre o assunto! Então vamos lá?

É pensar em pranchetas e me vem à mente a imagem daquela secretária eficiente de antigamente, com pranchetinha a postos para tomar nota de tudo o que fosse necessário.

Acontece que os tempos mudaram e essa peça já não tem mais tanta utilidade nesse cenário.

Mas, como o destino pode ser muito generoso, aquela pranchetinha antiga (ah, ok, pode ser uma novinha em folha, vai! rsrs) ganhou uma outra utilidade, antes inimaginável: suporte para itens diversos.

Na parede, ela se torna objeto expositor, organizador, embelezador. Olha aí as fotos que não me deixam mentir.

image005 image006 image007 image008 image009 image010 image011 image012 image013 image014

Fotos: Reprodução

Michelle Mariotto @michellemariotto

Blog Midá e Midáideia  

@blogmida

14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentário:Pranchetas na parede

  1. Elenice Maria de Souza Saito

    É muito bom trabalhar com uma thurma bem afinada parabens pelo trabalho! quanto ao post, amei mais uma vez!!! surpreendedor !!! Show!!! #beijonoseucoracao e no #joaoemocao #joaofuracao

  2. as referencias que voce postou são super inspiradoras. Obrigada!