18 agosto, 2010Por Sophia Alckmin

Para quem quiser conferir é só clicar aqui no link do nosso 3X4 do Blog da Thássia.

0

16 agosto, 2010Por Sophia Alckmin

A nossa entrevistada da semana é a carioca Thereza Chammas, dona do blog Fashionismo. Ela é arquiteta por formação (também manda muito bem nos post de decoração nas quintas-feiras, imperdíveis) mas há algum tempo tem se dedicado exclusivamente ao blog. Divido com ela as minhas paixões por seriados, também sou alucinada pelo Chuck Bass & Co. Isso sem falar nos textos “reflexivos” super bem escritos.

Com vocês, Thereza Chammas!!!

Se eu fosse um mês: Maio, porque é o mês do meu aniversário e o mês onde o Rio de Janeiro fica incrivelmente lindo

Se eu fosse um dia da semana: Sábado à noite, com uma taça de vinho na mão (Estou num momento Rioja)

Se eu fosse uma hora do dia: 2 da manhã, horário tranquilo e silencioso, onde as idéias aparecem

Se eu fosse uma estação: Amo outono! Dias mais frescos e o pôr-do-sol é especialmente bonito e mais colorido

Se eu fosse um filme: Com certeza o Diabo Veste Prada, mas sem o glamour final!!

Se eu fosse uma cidade: Eu sei que Nova York é lugar comum, mas é a cidade que mais amo no mundo (desculpa, Rio)! Meu destino favorito na hora de viajar e onde já pude viver como uma local, numa experiência inesquecível!

Se eu fosse um pecado: Gula!! Sem dúvida!

Se eu fosse um sentido: Como sou gulosa, certamente é o paladar! Adoro sentir novos sabores e degustar meus clássicos favoritos!

Se eu fosse uma árvore/planta: Um bougainville, pelo degradê das cores.

Se eu fosse uma flor: Peônias! Quero que meu casamento seja cheio delas, mas depois que descobri que custa R$ 50/ unidade, já venho revendo meus conceitos, mas elas são lindas!

Se eu fosse um prato: Batata frita, sozinha e soberana!

Se eu fosse um instrumento musical: Violino

Se eu fosse uma cor: Rosa, meu lado infantilista reside nele

Se eu fosse um animal: Um gato! Só vida mansa!

Se eu fosse um som: Hip Hop, que me anima!

Se eu fosse uma música: Come Rain, Come Shine – Frank Sinatra

Se eu fosse um sentimento: Paixão!

Se eu fosse um lugar: O apartamento onde morei em Nova York, de lá só tenho recordações boas

Se eu fosse um sabor: De chocolate!

Se eu fosse uma palavra: Gentileza

Se eu fosse um verbo: Compartilhar

Se eu fosse um objeto: um computador

Se eu fosse uma parte do corpo: as mãos

Se eu fosse um número: 7!

Se eu fosse um Símbolo: o símbolo do “aperte o cinto” vamos decolar!

Se eu pudesse ser qualquer coisa? Seria eu mesma, porém menos ansiosa!


0

26 julho, 2010Por Sophia Alckmin

A nossa entrevistada de hoje é a Lala Rudge. Ela é uma estudante de direito que se rendeu ao mundo da moda, dona do Blog da Lala junto com a irmã Maria (que daqui a pouco vai passar pelo telefone sem fim também). Ela é linda, querida e educada além de ter um super estilo, admirado e copiado por muitas de nós. Com vocês, Lala Rudge!!!

Lala Rudge

Se eu fosse um mês: Dezembro,clima de festas,final de ano…AMO!!

Se eu fosse um dia da semana: Sexta-feira, acordo muito de bom humor

Se eu fosse uma hora do dia: 18 hrs, hora do meu lanchinho da tarde!! hmmm…

Se eu fosse uma estação: Inverno, ele me inspira muiiitoo

Se eu fosse um filme: Todos da Disney, tenho mania de achar que a vida é um conto de fadas

Se eu fosse uma cidade: NY, odeio qualquer lugar parado, preciso de barulho, de gente!! Sou total big city girl

Se eu fosse um pecado: Vaidade!! Com certeza hahaha…

Se eu fosse um sentido: Visão, sou muito observadora!!!

Se eu fosse uma árvore/Planta: Ai, dificil essa hein!!! Acho que pinheiros, amo pinheiros!!

Se eu fosse uma flor: Rosas brancas

Se eu fosse um prato: Batata frita

Se eu fosse um instrumento musical: Violão

Se eu fosse uma cor: Branco

Se eu fosse um animal: Pássaro

Se eu fosse um som: Estridente

Se eu fosse uma música: Sertanejo

Se eu fosse um sentimento: Compaixão

Se eu fosse um lugar: Qualquer um com uma vista para o mar

Se eu fosse um sabor: Doce

Se eu fosse uma palavra: Obrigada

Se eu fosse um verbo: Amar

Se eu fosse um objeto: Cama

Se eu fosse uma parte do corpo: Pernas

Se eu fosse um número: 20

Se eu fosse um Símbolo: Infinito

Se eu pudesse ser qualquer coisa? Um passarinho/mosquito pra poder ouvir o que as outras pessoas falam!!!

0

22 julho, 2010Por Sophia Alckmin

Agora chegamos ao nosso último post. Será sobre tratamentos para os cabelos.

O moroccanoil é tão perfeito como dizem? Quais são os resultados dele?

Quanto a este produto, o resultado é de fato incrível, devido a maciez e brilho que ele proporciona. O medo era que este pesasse nos fios já que apresenta uma textura mais grossa. Para utilizar esse produto o grande segredo é o enxágüe, que deve ser muito bem feito, para evitar que o fio ao invés de hidratado fique oleoso.

É verdade que shampoos importados ( feitos pra serem usados com outro tipo de água)  não funcionam se usados aqui no Brasil? Ou são menos eficazes?

A maioria dos shampoos, condicionadores e cremes utilizados nos salões é importado, e tem resultado incrível. Como exemplo o Alex citou os produtos da Redken, Joico, americanos; e Kérastase, produto francês, vendido e reconhecido no mundo todo.

Quais produtos são ideais para:

  • Hidratação

Quando o assunto é esse temos que saber que existem dois tipos possíveis: a hidratação para nutrição e para resistência.

A hidratação de nutrição é aconselhável para cabelos ressecados, que sofreram com procedimentos químicos.

Produto escolhido e marca:

1 Óleo Relax – Kérastase

2 Inner Restore- Senscience

Já a hidratação de resistência é recomendada ao cabelo fino, descolorido, que está quebrando ou está elástico.

Produto escolhido e marca:

3 K-Pak – Joico

K-Pak da Joico

  • Fazer escova:

Para fazer escova uma dica é usar um produto sobre os fios úmidos antes de começar a secar os cabelos. O produto funciona como um protetor térmico, que garante ao fio brilho e maciez

Produto escolhido e marca:

4 Iron Repair – Redken


  • Pontas Duplas: além de produto, existe alguma outra dica?

Quanto a esse problema a questão principal é a falta de corte. Além desse cuidado existem produtos interessantes que evitam o maior aparecimento de pontas duplas.

Antes da escova é possível passar o True Hue da marca Senscience e depois de ter finalizado a escova é interessante passar o Renew da mesma marca. Produtos como esses se utilizados corretamente inibem o aparecimento de pontas duplas.

  • Cabelos danificados por química?

Nesse caso é aconselhável recorrer ao procedimento da hidratação explicada acima, optando pela forma de tratamento de Resistência.

  • Cabelos Oleosos?

5 Shampoo Two do Paul Mitchell

6 Condicionador Volume Conditioner da Senscience

  • Para fazer penteado? Quais pomadas e sprays são bons?

7 Infinium- 4 Force, L’OREAL – proporciona maior firmeza ao penteado

8 LANZA: cera em pó, é uma novidade da marca, sendo bastante aconselhável aos cabelos oleosos, por não deixar o cabelo pesado

9 Volumizing Spray, Paul Mitchell : para fazer o baby liss e conseguir o sonhado efeito do cabelo Gisele

  • Melhores cremes/produtos para cabelos com escova progressiva?

Aqui o aconselhável é optar pela linha de Hidratação com foco em Nutrição.

Uma alternativa bacana e econômica que o Proença disse nesse tema é o uso de Shampoos Reconstrutores, citando como um exemplo o existente da marca Monange, que garante hidratação e maciez ao cabelo, reestruturando o cabelo fragilizado após a realização de procedimentos químicos.

Quais as dicas para evitar queda de cabelo?

A queda do cabelo é uma combinação entre aspectos genéticos e questões sobre vitaminas, nesse caso o uso de ampola e shampoo específicos são apenas complementares a um tratamento que deve ser proposto por um profissional da área.

Mega-hair faz mal para o crescimento do cabelo? Tem esse serviço no salão?

No salão o tipo de mega-hair mais realizado é o feito com Tic Tac, como é temporário fragiliza menos o cabelo.

Cabelos com progressiva feita

Qual é a melhor escova progressiva hoje no mercado?

Independente de nomes (às vezes são chamadas de marroquinas, ou escova de chocolate) a melhor escova é aquela feita em salão confiável e com um bom cabeleireiro.

Quem está cansada do visual liso e quer ter um cabelo mais natural, o que você recomenda para a mudança pós-progressiva?

Nesse caso é aconselhável deixar o cabelo secar naturalmente ou com difusor além de passar um leave-in com fixador ou um gel líquido.

Produto sugerido

10 High Hair da Wella – Gel de Volume e Controle Extra Forte

Penteados

Babyliss não dura mais do que 30min: quais são as dicas para fazer um babyliss capa de revista: o cabelo precisa ter um corte em camadas?

O Proença diz que no caso do Babyliss o ideal é sim ter um corte em camadas, já que o cabelo fica mais leve e a onda dura mais. Outro segredo é não passar muito condicionador ao lavar o cabelo antes de fazer o babyliss, pois  assim o cabelo não cai tão rapidamente.

O Proença deu uma dica interessante que é de após ter realizado o babyliss, prender os cachos obtidos, de aproximadamente 2 polegadas, com grampinhos.

Entre os produtos que ele usa no salão destacamos:

11 Silhouette Pure Formula, Invisible Hold- Schawarzhoph Professional

12 Volume Boost Mousse Stylisante- Senscience

13 Volumizing Spray- Paul Mitchell

E a chapinha multiuso da Arno Respect qual é o seu diferencial?

O interessante da chapinha segundo Proença é a possibilidade de alisar o cabelo assim como também de fazer cachos, um diferencial dela é no seu material que por ser de cerâmica e fornecer um tratamento com base em íons não prejudica os cabelos como alguns equipamentos térmicos.

Gostaria de agradecer ao Marcelo e Marcos Proença e equipe, Alex Moraes, que entende tudo sobre tratamentos e produtos para os cabelos, Marília Tambasco, que domina o assunto tinturas, Umberto, que nos ajudou nas questões dos cabelos com progressivas e o Rodrigo Chiba, que nos ajudou com as fotos. Beijos carinhosos e todos vocês.

E finalmente a nossa querida assistente Glória, que foi quem fez toda a entrevista.

Glória e Proença

0