4 janeiro, 2012Por Cris Tamer

Hoje resolvi abrir uma exceção e fazer uma coisa que nunca fizemos aqui: “repetir” um post, mas este (eu acho) tem um motivo especial. Ele foi escrito em 15/07/2010 e conta a história da bolsa mais famosa do mundo, a Birkin bag, da Hermés. Como algumas(ns) de vocês não conheciam o blog nessa época, achei que valeria a pena publicá-lo. Ele foi copiado (sem os devidos créditos e com copy/paste até nos diálogos…) por tantos outros blogs mas o ‘original’ vocês leram primeiro aqui, viu? E a ‘historinha’ por trás deste post é a seguinte: eu AMO Jane Birkin, e um dia, lendo em uma Tatler inglesa uma entrevista dela contando parte da sua vida com Serge e como foi seu encontro com Monsieur Dumas, achei que renderia aqui também um bom post. Divirtam-se!

 

Eu já escrevi aqui que ela é uma das minhas musas inspiradoras. Eu adoro Jane Birkin e acho que ela foi uma das mulheres mais lindas e maravilhosas da sua geração. Bom, não foi à toa que ela foi o motivo e a inspiração da bolsa mais desejada do planeta fashion e das mulheres que sempre gostaram de clássicos: a Birkin, da Hermés.

Com Serge Gainsbourg, seu grande amor

Comecem a reparar na bolsa que ela carrega de um lugar para outro. Sim, a de palha que está no chão.

Linda!

Casal sensação

Sim, ela saía assim. Reparem novamente na bolsa.

Chique e estilosa até hoje

Enfant terrible

Única

Nas ruas de Paris

A bolsa de palha era onipresente

Inseparáveis

Com a filha Charlotte

Bom, a tal bolsa de palha… a história é a seguinte: ela era cliente da Hermés, mas não gostava muito da Kelly porque não cabiam suas coisas dentro da bolsa. Ela então carregava esta (na verdade uma cesta de piquenique) e uma agenda, mas suas coisas viviam caindo. Em 1984 ela encontrou no avião um senhor que lhe perguntou porque ela não usava algo mais apropriado para carregar suas coisas, e então ela respondeu: “Quando a Hermés fizer uma agenda com compartimentos eu terei uma”. Sabe o que o tal senhor respondeu?: “Pois eu sou Hermés. Sou Monsieur Jean-Louis Dumas da Hermés. Dá-me sua agenda que eu colocarei os compartimentos nela”. E foi aí que Jane retrucou: “Bom, então porque o senhor não faz logo uma bolsa? Algo maior e com alças apropriadas!”. E ainda acrescentou que poderia ser algo que pudesse ficar aberta o tempo todo, e preta. Algum tempo depois Monsieur Dumas perguntou se ela não se incomodaria se ele desse seu nome à bolsa. Claro que a resposta não poderia ter sido outra: “Sim! Ficaria muito honrada!”.

E o resto… bom o resto também é história. Quem diria que este seria o início da bolsa mais famosa e desejada do mundo inteiro? Uma cesta de piquenique e um encontro ao acaso no avião?

E aqui Jane com sua primeira, e segundo ela, única Birkin que possui (atualizando: ela foi leiloada ano passado):

"Sim, amigas... tudo por minha causa!"

O interior da bolsa

é ou não é uma ótima história?

…e todos viveram felizes para sempre rsrsrsrs! Eu já escrevi aqui que ela � uma das minhas musas inspiradoras. Eu adoro Jane Birkin e acho que ela foi uma das mulheres mais lindas e maravilhosas da sua gera��o. Bom, n�o foi � toa que ela foi o motivo e a inspira��o da bolsa mais desejada do planeta fashion e das mulheres que sempre gostaram de cl�ssicos: �a Birkin, da Herm�s.

Com Serge Gainsbourg, seu grande amor

Comecem a reparar na bolsa que ela carrega de um lugar para outro. Sim, a de palha que est� no ch�o.

Linda!

Casal sensa��o

Sim, ela sa�a assim. Reparem novamente na bolsa.

Chique e estilosa at� hoje

Enfant terrible

�nica

Nas ruas de Paris

A bolsa de palha era onipresente

Insepar�veis

Com a filha Charlotte

Bom, a tal bolsa de palha… a hist�ria � a seguinte: ela era cliente da Herm�s, mas n�o gostava muito da Kelly porque n�o cabiam suas coisas dentro da bolsa. Ela ent�o carregava esta (na verdade uma cesta de piquenique) e uma agenda, mas suas coisas viviam caindo. Em 1984 ela encontrou no avi�o um senhor que lhe perguntou porque ela n�o usava algo mais apropriado para carregar suas coisas, e ent�o ela respondeu: “Quando a Herm�s fizer uma agenda com compartimentos eu terei uma”. Sabe o que o tal senhor respondeu?: “Pois eu sou Herm�s. Sou Monsieur Jean-Louis Dumas da Herm�s. D�-me sua agenda que eu colocarei os compartimentos nela”. E foi a� que Jane retrucou: “Bom, ent�o porque o senhor n�o faz logo uma bolsa? Algo maior e com al�as apropriadas!”. E ainda acrescentou que poderia ser algo que pudesse ficar aberta o tempo todo, e preta. Algum tempo depois Monsieur Dumas perguntou se ela n�o se incomodaria se ele desse seu nome � bolsa. Claro que a resposta n�o poderia ter sido outra: “Sim! Ficaria muito honrada!”.

E o resto… bom o resto tamb�m � hist�ria. Quem diria que este seria o in�cio da bolsa mais famosa e desejada do mundo inteiro? Uma cesta de piquenique e um encontro ao acaso no avi�o?

E aqui Jane com sua primeira, e segundo ela, �nica Birkin que possui:

"Sim, amigas... tudo por minha causa!"

O interior da bolsa

� ou n�o � uma �tima hist�ria?

…e todos viveram felizes para sempre rsrsrsrs!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

39 Comentário: Jane Birkin e a Birkin bag: uma história muito interessante

  1. Dani

    Adorei o post!!! Contou a história da birkin de forma leve e descontraída… e eu ainda terei a minha! Hahahahaha
    Bjus!

  2. Juliana Pereira

    A-do-rei!!! Acho que se o Monsieur Hermes me encontrasse no avião ele não acharia tão legal dar o nome da bolsa de “pereira” hehehe parabéns pelo blog!

  3. luciana

    muito legal a historia !mas que marido feio hein
    e ela é essa de cabelo curto aqui em cima ??????????????

  4. Junia

    Dentro da bolsa é uma dedicatória para ela??
    Que chic!! Puro poder!!
    Júnia

  5. Amei o post! *_*

    São várias bolsas que levam o nome de alguém, não conheço as histórias, creio eu que a maioria é mais homenagem né?

    Se tiver outra como essa (com história), podem fazer post que eu vou adorar!

    A Marc Jacobs Stam Bag por exemplo, têm uma história ou é só uma homenagem?

  6. Muito interessante essa história, não sabia de tantos detalhes. Muito bom esse post.

  7. daniela

    Amei!

  8. Postei exatamente sobre isso ontem, inclusive com a mesma imagem, haha!
    Bjo

  9. Mariana Gusmão

    Meninas,
    AMEI o post!! Sou extremamente apaixonada pela Jane, suas músicas são inspirações para mim!
    As fotos que vcs selecionaram foram as mais lindas q já vi na vida!
    Ela transpassa uma calma gigante, uma alegria sem tamanho!!!
    PARABÉNS!!!!
    Bjos

  10. patricia

    Já conhecia a história, é bem interessante, mostra bem a diferença de uma época, de poucas e verdadeiras celebridades, que eram chamadas assim justamente pela atitude low profile….
    Mas uma coisa salta aos olhos: ela envelheceu muito mal….
    Abraço

  11. rose

    Muito fofa essa historia!!!

  12. Paula

    Meninas!!! Não sabia que a Jane era tão linda e estilosa!!!
    Adorei o post!!! Me tirem uma dúvida: o Birkin se pronuncia Birkãn???

  13. Vera

    Ela é mesmo um charme…Amei a historia!!! bjs

  14. Ju

    Cris, adorei o jeito que vc contou a história!! As fotos são todas lindas

  15. Tassia B

    Eu adoro a história da Jane, e da Birkin (a bolsa)!

  16. Dani P.

    Amei o post!!!!! :)

  17. denise nascimento

    Na juventude Jane exalava felicidade, sensualidade e beleza. Foi mega desejada e amava perdidamente Serge. Ai, ai, ai….

  18. Post incrível! É mais que informação interessante, é cultura fashion! Amei! ;)
    Adoro o Betty, a começar pelo nome “be true to yourself”. Estou cada vez mais fã! Parabéns!
    Bjos,
    Gabi – http://www.gabiamou,blogspot.com

  19. Cris

    Oi, queridas! Que bom que vocês gostaram… eu também adoro esta história. Fiquei até empolgada a dividir com vocês outras historinhas interessantes da moda…
    Paula, em relação à pronúncia do nome da bolsa, os franceses pronunciam “birkín”, mas em inglês, que é o que frequentemente falamos ou lemos, a gente fala “bãrkin”.
    Eu adorei os comentários de cada uma de vocês. E dei muita risada com a bolsa “Pereira”, viu, Juliana? rsrsrs
    Beijos carinhosos em todas vocês, meninas! Obrigada!

  20. Adorei a seleção de fotos e a história deliciosamente contada! Bjs, Monique.

  21. Que fofa você, Cris, fiquei mega feliz com seu comentário.
    =)
    Essa bolsa é o objeto máximo de desejo, além de ter uma história muito fofa por trás da sua criação (e que mulher resiste a uma história fofa??).
    Beijos!

  22. Ah, e Jane era muito linda, né? Já o Serge… era bem charmoso, hehe!

  23. Amei o post! Já admirava a bolsa, ainda mais em saber a história rica em detalhes e imagens, agora fará inspiração sempre em minha memória!
    Bjs

  24. MAGDA -BUZIOS

    CARAMBA , adorei o post!!! sabia um pouco da história da bolsa , mas desconhecia essa riqueza de detalhes … obrigada por aumentar minha cultura “modística”
    bjs e parabéns pelo blog , muito DIGNO !!!!!!!

  25. Ana Maria

    Delícia de post!!!!!
    E melhor ainda é q agora sabemos a história da Birkin!!
    O q era a Jane, gente??? Linda!!!
    Bjs

  26. Marina

    Uauu! Que post incrivel!! Parabens.. Acho muito legal que no blog de vcs tem sempre posts diferentes.. E nao só aquele “look do dia” em que a propria blogueira coloca TODO SANTO DIA foto dela mesma!!! heheh
    Parabens, adoro o blog de vcs, e entro tds os dias!! Beijos!
    obs: Falando em birkin.. Pq vcs nao fazem um post com tamanhos/cores existentes?!? Acho que seria muito util, pq ninguem gosta de entrar na Hermes e encarar os vendedores de la!! hehe Eles sao muito arrogantes pro meu gosto!!

  27. Juliana

    Cris, parabéns pelo post!
    Sugiro um post com as pronúncias das amadas marcas. Bjs

  28. Valentina

    As fotos de uma Jane Birkin de cabelos longos evidentemente são da época em que ela era jovem, então são de há muito tempo, claro. É obvio que a senhora de cabelos curtos é a Jane Birkin atual.
    E o marido é o Serge Gainsbourg, ambos protagonizaram um dos maiores esândalos em matéria de música erótica lá pelos idos das décadas final de 60 ou meados de 70, que tinha o título de “Je táime- Moi non plus”, era como um “bad romance”, ele , sim, o verdadeiro “enfant terrible”.

  29. Valentina

    sim, aprovo inteiramente a sugestão de se fazer um post sobre os tamanhos das bolsa Birkin, e seus preços, tipos de couro, cores, listas de espera, encomendas, período de espera pela encomenda, prazos, enfim, tdo o processo em que se dá essas encomendas, inclusive sobre o prazo de entrega, o qto de tempo uma cliente que não mora na França, e sim no Brasil, por exmplo, tem a seu dispor para viajar de seu país para pegar a sua encomenda, enfim, é interessante saber a esse respeito. E, sim, concordo que as vendedoras da Hermès são as mais antipáticas de todas , parecem que a grande provilegiada é vc, que vai ter a honra de comprar um produto da marca Hermès, são assim no mundo todo. Na da loja de Bracelona, onde minha irmã, compru um cinto, e via de regra queria ver uma Kelly, e na loja não tinha, foi informada foi informada pela “abtipática” que ao se fazer a encomenda da bolsa e qdo esta chega pronta na loja , a cliente só dia 24 horas para pegar sua encomenda. Não é possível, gostaria de saber se uma informação dessas é procedente? Se de fato é o que ocorre.
    Uma excepcional competência e gentileza e grande cortesia foi demonstrada, no entanto, por uma senhora japonesa, vendedora experiente,que me atendeu qdo comprei a minha Birkin,na loja do Fg ST.Honoré. Porém as vendedoras francesinhas e as imigrantes são bem empertigadinhas e antipatiquinha….(risos)
    Deixemo-las para lá e vamos andando pelas lojas comprando,…comprando..comprando..e elas, olha, vendendo!

  30. Valentina

    o certo é tratá-las com a mesma frieza e postura, para que elas reconheçam o lugar delas.Sempre é assim que faço.

  31. rose

    Eu já tinha lido em 2010 e li de novo agora e me amei como se fosse a primeira vez.. Valeu, Cris. bj

  32. Milena Pontes

    Um dos melhores posts q já li.
    Tks Betty's.

  33. Lu

    Cris,
    Adorei o post Jane Birkin e a Birkin bag. Uma linda história de uma linda mulher, de um lindo amor, que gerou uma linda bolsa. Parabéns! Bjs.

  34. Valentina

    é uma história um tanto manjada , esta , me desculpem,
    e até de estilo "démodé"
    esse negócio de viver criando polêmicas pelo jeito subversivo de vida, mergulhando em escândalos, uso de drogas e falta de convencionalismo da relação já é cafonice.

  35. Adoradora

    A Jane deveria ter um livro com a biografia dela, ou melhor ainda uma autobiografia!

  36. Bel

    aaaaaaaaai Cris !! que lindo! eu nao conhecia a historia completa…. muito bacana…..

    Adoro o jeito que ela se assumiu mais velha….super tranquilona e natural

    bjbj querida

    sds