Score
28 novembro, 2017Por Cris Tamer

4

26 novembro, 2017Por Cris Tamer

A essa altura vocês já devem ter lido aqui no blog sobre nossas experiências no Martinhal Cascais e Martinhal Sagres. O que não contei ainda é como Chitra e Roman Stern, proprietários e fundadores da rede, idealizaram o Martinhal como hotéis cujas prioridades seriam crianças e suas famílias. Por terem quatro filhos, todos de idades diferentes, não conseguiam encontrar um hotel que fosse acolhedor o suficiente para crianças e adolescentes, que oferecesse também brincadeiras, aventuras, um ambiente seguro, bons cuidados com eles e que, ao mesmo tempo, oferecesse aos pais um ambiente luxuoso e confortável, com bom design, bons tratamentos de spa, ótima culinária e vinhos, bem como atividades para toda a família ou um tempo para ficarem sozinhos sem culpa, sabendo que as crianças estariam bem e se divertindo. Não à toa, desde sua criação, os hotéis Martinhal têm recebido inúmeros prêmios pela sua inovação, conforto e sofisticação para as famílias. Seu staff também é reconhecidíssimo por serem todos extremamente atenciosos, solícitos e prestativos com todos os seus hóspedes. Até as crianças se encantam – sim, eles percebem quando a atenção é genuína!

O Martinhal de Chiado foi o favorito dos meus filhos. O fato de estar localizado bem ao centro de Lisboa, no Chiado, e próximo a várias atrações e lugares interessantes da cidade, faz toda a diferença. Todas as acomodações são apartamentos, de studios a apartamentos maiores para grandes famílias. E todos, sem exceção, são equipados com absolutamente tudo o que podemos precisar em uma casa – ou quando estamos longe dela! Sala, cozinha com todos os utensílios, fogão, geladeira, micro, lavadora de louças e de roupas, secadora… não há nada que não possa ser resolvido em seu próprio apartamento. Se você viaja com bebês, avise com antecedência o que precisará que um ‘Baby Concierge’ irá deixar tudo prontinho para você: banheira, berço, aquecedor de mamadeiras, proteção para portas, esterilizador de mamadeiras, cadeirão… enfim, o que você precisar mesmo.

Nossa cozinha. reparem, logo abaixo do nicho à direita, uma bandeja com suco, água, biscoitos, leite, chás, chocolates… Um “mimo” para a nossa chegada.

Meu quarto era espaçoso e podia ficar isolado, caso eu preferisse.

Depois que dormiram aqui, querem igual no quarto deles!

Hora de passear: vamos ‘bater perna’ pela cidade! E este é um diferencial incrível do Martinhal Chiado: estamos perto de tudo, e em uma área que é uma delícia passear! Primeira parada: Marcado da Ribeira. Os meninos AMARAM!

Sempre juntos! Meus chicletinhos!

Pegamos um tuk tuk e fomos explorar juntos a cidade. Eram muito pequenos quando fomos pela primeira vez com eles, e agora já conseguem aproveitar e curtir cada passeio. Minha sugestão, seja ela sua primeira ou mais uma vez na cidade, é conversar com o Concierge do hotel para lhe dar dicas de passeios. Até aquele ônibus de ‘sightseen’ pegamos; os meninos adoraram ver tudo lá de cima e ainda poderíamos descer nos pontos que nos interessavam.

Passeando pelo bairro de Alfama. Não pode ficar de fora, hein!

Pelo fato do hotel estar em meio a vários restaurantes e bares, o hotel tem apenas o M Bar, com café da manhã e lanches rápidos. E o que as crianças se divertem com o carro?

Café da manhã simples e descomplicado.

Na tenda mágica da joia do Martinhal Chiado: o Kids Clubhouse.
Paraíso para eles e também para papais e mamães: difícil encontrar um Kids Club de hotel como os do Martinhal. E digo com segurança, pois viajo com eles desde que receberam “alta” da pediatra para ganharem o mundo: 4 meses de idade. Sempre me preparei para todas as viagens e já escrevi alguns posts aqui no blog sobre o assunto, mas isso significa carregar um monte de “tralha” junto – toda mãe e pai com rodinhas nos pés sabe disso. Aquecedor de mamadeira, banheira dobrável, enfim, eu carregava um monte de coisas. Depois fui descomplicando, mas, ainda assim, sempre viajei, de alguma forma, preparada. Em todos os hotéis Martinhal que me hospedei eu observei que, se você quiser, você não precisa se preocupar com nada. Nada mesmo. Da organização do cardápio a berçários para bebê a partir de seis meses, de banheira, cadeirão, aquecedor de mamadeiras, trocadores, enfim, TUDO o que você quiser e precisar os “Babies Concierge” preparam para a sua chegada com sua família. No seu quarto ou à medida que necessidades vão surgindo. Sem qualquer custo extra, e cuidadores adequados a cada faixa de idade (os “clubinhos” são organizados assim), e eu observo as crianças se divertindo e sendo cuidadas com responsabilidade, ao lado de seus pais ou com os monitores enquanto os pais aproveitam o tempo com outra atividade qualquer. E o daqui do Chiado ainda tem as “Pajamas Parties” para que os pais possam sair e fazer programas a dois ou até para um jantar mais romântico em meio às férias com a família. É tudo tão legal que, como eu disse antes a vocês, os meninos ficam até divididos entre sair e curtir as atividades e o hotel. E isso é demais!

Um dos passeios mais bacanas para se fazer com eles: visitar o Oceanário da cidade. É IMPERDíVEL!


Aproveitamos para caminhar também da Torre de Belém até os famosos Pastéis de Belém, passando por várias atrações, museus e monumentos pelo caminho. É uma delícia passear pela orla do rio!

O por do sol na Torre de Belém é lindo demais!


Parada pelo caminho para alimentarmos os patos e depois… Pastéis de Belém, oba!!!

E as carinhas de felicidade?

E o vídeo que mostra um pouco mais do hotel e de muito que podemos fazer com eles em Lisboa. É uma viagem que recomendo demais que façam. Foi memorável, realmente inesquecível. E as oportunidades criadas pela ambientação e programação dos hotéis Martinhal fizeram muita diferença. Quero voltar logo!

2

26 novembro, 2017Por Cris Tamer

Essa viagem já foi uma aventura e tanto para as crianças: o hotel organizou tudo e fomos de trem de Lisboa a Tunes, onde um carro do hotel nos esperava para nos levar a Sagres. Os meninos amaram, claro!

Acordamos, tomamos café da manhã e um motorista nos levou até a estação, pegamos o trem (“comboio”) em Lisboa e fomos até Tunes, onde um motorista do Martinhal Sagres já nos aguardava. Eu estava muito feliz em conhecer, ao lado dos meus filhos, uma das poucas regiões de Portugal que, até então, não havia visitado.

A estação de trem de Lisboa.

Já em Sagres, na entrada do hotel.

Hello!!!

Prontos para o almoço no delicioso e lindo restaurante “As Dunas”, de frente para o mar e com cardápio de dar água na boca! Além desse, há também Os Gambozinos, O Terraço e o M Bar, como em Cascais.

A vista que se tem do hotel é linda, e assim como todos os outros da rede, existem várias opções de acomodação, desde um quarto na sede principal do hotel até uma casa de vila ou as incríveis ‘Ocean Houses’.

Fiquei com os meninos em uma das casas de vila, completamente equipadas com tudo o que pudéssemos precisar. De lavadora de louça a aspirador de pó, de lavadora a secadora de roupas a fogão e geladeira, tínhamos tudo o que precisávamos lá. Um carinho aos hóspedes: como os horários de check in são inúmeros, há sempre nos quartos, como cortesia, algo para comermos e bebermos, bem como para as crianças. O staff é impecável e extremamente preparado para lidar com crianças e famílias. Reparem nas fotos a seguir que TODOS os móveis foram desenhados para o Martinhal Sagres e foram pensados em design com segurança: todos os cantos dos móveis, cadeiras, mesas, sofás, camas são arredondados!

Meu quarto, com o banheiro à direita.

O das crianças, também com seu próprio banheiro. No andar de baixo tem uma sala grande, cozinha, lavanderia e uma área externa.

Outras opções de quartos, casas de vila e casas particulares.

 

Na praia tem-se a opção de cadeiras, esses pufes bastante confortáveis e uns ‘cocoons’ espaçosos e semi fechados. Uma delícia tirar uma soneca em um deles!

O Martinhal de Sagres é bem grande e por isso, assemelha-se a uma vila com vida própria. Tem tudo o que os outros oferecem mas, por ser um lugar onde as famílias passam mais tempo, tem também um mini mercadinho, mais opções para os adolescentes, uma lojinha, e, claro, seu famoso Kids Clubhouse.

Crianças sendo crianças.

O por do sol visto do Martinhal de Sagres é um dos mais lindos que já presenciei. Não perdi um durante os dias que estávamos lá.

O hotel visto da praia, à noite. As crianças e eu gostávamos de ficar até o início da noite brincando e contemplando o mar dali. Essa é apenas uma das cinco piscinas existentes.

Entrada do restaurante de frutos do mar “As Dunas” (meu favorito no hotel!).

‘Sir’ Terence Conran, considerado o “rei” do design britânico, é o nome por trás do Martinhal de Sagres, hotel “flagship” da família Stern. Tudo aqui é inspirador, lúdico, suave mas também com muita personalidade. Sagres é considerada por muitos o melhor lugar em Portugal para o surfe, e o hotel reflete esse clima de uma maneira original e de muito bom gosto. Aqui, eu em um dos cantinhos coloridos e inspiradores da recepção.

Passeando com os meninos na lojinha e no mercadinho da vila.

Os dias estavam lindos!

Nós três!

…e passeávamos bastante pela propriedade também.


Hora de aventura: os meninos queriam passear de caiaque ou SUP; achei melhor alugarmos um pedalinho grande e sairmos juntos. Foi uma grande aventura (de verdade!) porque decidimos pedalar até as ilhas que ficam em frente ao hotel. Pense em um hotel com muuuuuuuitas atividades disponíveis?

Os aventureiros!!!

E não é que conseguimos?

Thomas todo feliz com sua conquista!


Na volta, mais um por do sol inesquecível, em grande estilo, em “alto mar”.  Na volta, esse presente maravilhoso e a companhia especial das aves ao nosso redor. Lindo demais!!!

Lá ao fundo, a “nossa” ilha. Sim, fomos até lá, só nós três!


Nossos cantinhos preferidos no Martinhal Sagres eram esses ‘cocoons’ na praia! Que delícia!

E não é que presenciamos também um nascer do sol? Que maravilha!

E mais um vídeo para vocês terem uma ideia do que os espera! :-D

Próximo destino: Lisboa – ebaaaaaaaaaaaaa!

Para todas(os) que me perguntam se eu não fico receosa de viajar sozinha com os dois, uma das minhas dicas mais preciosas é: organização. Com um roteiro definido e tudo já preparado (passagens, vouchers, tickets etc), minimiza-se bastante uma certa insegurança que possa surgir – e que é perfeitamente normal, só não se deixe dominar por ela!. Ter alguém que conhece tudo sobre o roteiro e pode lhe ajudar com a viagem também é de grande valia.

1

26 novembro, 2017Por Cris Tamer

Tínhamos alguns dias (dez, ao todo) disponíveis em Outubro para viajarmos juntos, e estávamos planejando e sonhando com um destino que possibilitasse uma convivência prazerosa, feliz e que ficasse como uma bela recordação de nós três juntos. Foi quando soube do Martinhal, uma rede de quatro hotéis, todos em Portugal, voltados exclusivamente para a família e para as crianças, principalmente. Até então, eu já havia me hospedado com os meninos em vários hotéis com muitas facilidades para as crianças, alguns, inclusive com ‘kids club’, mas nunca sequer tinha ouvido falar de algum com uma proposta como os do Martinhal – Elegante Family Hotels and Resorts. Dos seis meses de idade até adolescentes, o hotel tem opções e facilidades para todos, conta até com um Baby Concierge que deixa absolutamente tudo o que você precisará para seu bebê em seu quarto, sem a necessidade de carregar na mala o desnecessário. Os três que nos hospedamos – sim, dividimos a viagem em três partes, Portugal é um país pequeno e muito simples de ser explorado – são hotéis cinco estrelas, então eu sabia que não só as crianças, como também nós, pais, encontraríamos tudo o que precisássemos ou desejássemos. Outra vantagem: os voos são relativamente curtos (aproximadamente nove horas), praticamente o que se leva até Nova Iorque, por exemplo. Decisão tomada – aqui vamos nós!!!

Nós três, meus chicletinhos e eu no Aeroporto de Guarulhos, prestes a embarcar!

Primeira parada: Martinhal Cascais. Um carro do hotel já nos esperava no aeroporto de Lisboa para nos levar diretamente ao hotel, a menos de uma hora dali.

Os quartos são bem grandes e espaçosos, bem como o banheiro, com banheira grande (tem cromoterapia!) e ducha. Todos os quartos tem um terraço extremamente agradável, e eu adorava passar um tempinho nele, lendo, enquanto os meninos se divertiam em alguma atividade.

E há também a opção de vilas para famílias maiores.

Vista do terraço de alguns quartos. Essa é a piscina do spa; o hotel tem várias!

Passeando com eles. Paradinha para uma foto!

O Kids Clubhouse é, na minha opinião, a grande atração do Martinhal Cascais: são 700m2 de área, com uma grande área verde e brinquedos incríveis, bem como uma casa pronta para atender bebês e crianças de qualquer idade e um restaurante delicioso na parte superior. Caso prefira, você pode até contratar uma pessoa para ficar com seu bebê, no seu quarto ou no próprio Clubhouse se quiser fazer praticar algum esporte (são várias opções), ir ao spa… Todas as atividades são divididas por faixa etária, e as crianças podem ser deixadas com os monitores, por exemplo, se você quiser dar uma volta pela cidade e seus arredores, ou até mesmo até Lisboa (é pertinho, cerca de trinta minutos), ou para o casal passar algum tempo sozinho e em calma.

“Largados” nos puffs da área externa. Esta casa de vidro é também parte do Kids Clubhouse, e um café delicioso, com sorvetes, pizzas, sucos está na parte superior.

O pula pula gigante é uma das grandes atrações!

Claro que eu também me diverti muito!

A bolha gigante onde fica a piscina do Kids Clubhouse. E tem ainda uma tirolesa divertidíssima! Quem assistiu aos meus Stories deve ter visto o quanto brincamos nela!

Vista do espaço ao ar livre dedicado aos pequenos com as vilas ao fundo.

Esta Kombi fica na entrada do Kids Clubhouse e é completamente adaptada para as crianças brincarem com ela. A frente do carro foi mantida (bancos, câmbio, direção) e o restante transformado em espaço com mesinhas e cadeiras. A placa, MC-03-16, significa Martinhal Cascais, Março de 2016 (data de abertura do hotel). Tudo é mesmo pensado e concebido de forma a propiciar integração total entre pais e filhos.

Café da manhã com meus chicletinhos: até os cardápios são adaptados por faixa etária. E eu repito: aqui realmente TUDO foi pensado para as crianças e as famílias.

Até o SPA pode ser frequentado por elas: existem, inclusive, tratamentos para as crianças fazerem com seus pais! Algumas salas do SPA, chamado Finisterra, contam com macas para pais e filhos.

Raphael e Thomas na espera do SPA. Eles ficaram enlouquecidos!

A área com piscinas e jacuzzi do spa é aquecida e tem vários tratamentos, como duchas, saunas, sala de descanso… e como tudo no hotel, pode ser desfrutado também pelas crianças.

Thomas e eu na área externa do SPA.

Depois dos tratamentos, passeio pelos jardins com paisagismo maravilhoso!

O brunch do hotel, servido em dias específicos, é delicioso e servido no M Bar. Existem outros dois restaurantes no hotel, o Terraço, onde o café da manhã é servido, bem como as outras refeições, e Os Gambozinos, restaurante italiano. Todos contam com cardápio e uma ‘play area’ para as crianças. Eu me acabei no brunch: ostras, saladas, frios, tortas, doces… tudo tão delicioso!

Área externa do M Bar.

Hora de passear! Vamos explorar os arredores de bicicleta? Aliás, passear de bicicleta é apenas uma das infindáveis possibilidades: dois campos de golfe, academia, tênis, montar cavalos, ir à praia, caminhadas, passeios pelas cidades e monumentos, ioga, pilates, stand up paddle, aulas de dança, passeio de caiaque… e não, não para por aí.

Thomas e eu, prontos para o passeio. Raphael já está lá na frente! :-D

Um dos campos de golfe ao fundo.

Nossa hora preferida: por do sol na área externa do Clubhouse. Aliás, eu sinto saudades de ficar lendo nesses pufes, embaixo das árvores, enquanto eles brincavam.

Raphael e Thomas na contemplação. “The golden hour”. Alguns lugares têm uma luz tão dourada e especial ao final do dia, próximo ao horário do sol se por, que é realmente impossível ficar alheio(a) a tanta beleza. Até os meninos notaram e comentaram comigo que tudo e todos ficam banhados em uma luz “de ouro”. No Martinhal é assim; todas as fotos que fiz na “hora dourada” ficaram lindas!

Last, but not least, confira este vídeo onde vocês terão uma panorâmica incrível sobre todo o hotel:

É realmente um lugar muito, muito especial. No próximo post: Martinhal Sagres, no Algarve!

2