28 janeiro, 2014Por Cris Tamer

Não tem músicas que a gente vai gostando “de pouquinho”, ouve uma vez, depois outra, mais outra? Até que um dia você se pega cantarolando e prestando atenção na letra; daí você “descobre” que gosta dela. Com ‘Let her go’ foi assim; eu acho que nem curtia tanto no início, mas a letra e seu sentido me fisgaram… Seu refrão diz assim:

“Well you only need the light when it’s burning low
Only miss the sun when it starts to snow
Only know you love her when you let her go

Only know you’ve been high when you’re feeling low
Only hate the road when you’re missin’ home
Only know you love her when you let her go
And you let her go”

De maneira poética, seu autor, Michael David Rosenberg (também vocalista) nos mostra a necessidade de valorizarmos o tempo presente, e não só coisas e pessoas depois que passam ou acontecem em nossas vidas. Mensagem quase óbvia, clichê, mas 100% verdadeira, não?

Imagem de Amostra do You Tube

Enjoy!

40

28 janeiro, 2014Por Michelle Mariotto

Impressionante como a notícia da chegada de um baby mexe comigo! Eu me pego imaginando como a família vai receber essa nova vida, que nome irão escolher, como vão cuidar, tratar, educar e – como a profissão manda! – que tipo de quarto os pais vão preparar para esse bebê…

Foi num desses devaneios – com a notícia da chegada da pequerrucha da Sophia – que eu comecei a olhar para quartos de meninas.

Selecionei fotos que eu curto bastante, de quartos inteiros, móveis ou detalhes. Dos mais variados estilos. Delicados, despojados, clássicos, contemporâneos, fashionistas (!). Para todos os gostos. Só que foram tantas fotos que eu tive que dividir o post em dois…

Moms to be, preparem-se! Essa é uma das escolhas mais gostosas e difíceis durante a gestação.

Vamos começar pelos quartos propriamente ditos!

image001

image002

image003

image005

image006

image008

image009

image010

image011

image012

image013

image014

image015

image016

image017

image018

image019

image020

image021

image023

image024

image025

image026

image027

image029

image031

image032

Alguém arrisca adivinhar a escolha da Sophia para a little Betty girl? Eu já tenho o meu palpite.

No próximo post vemos os detalhes!

Fotos: Reprodução

Michelle Mariotto – Eu e meu Bebê

44

28 janeiro, 2014Por Cris Tamer

Ah, como é bom um Red Carpet, né? Melhor ainda quando é de uma premiação que adoramos acompanhar, como é o caso do Grammy. Na verdade, é a minha premiação preferida, mais até que o Oscar. Adoro, amo! Talvez porque eu fique na expectativa das grandes apresentações que acontecem e na torcida pelas músicas e grupos que gosto. Este ano, particularmente, foi um dos que mais gostei de acompanhar; achei um dos melhores, “ever”. Grandes performances, músicas ótimas… enfim, fui dormir às 3:30 da manhã (tinha que acordar às 7h…) feliz da vida!

Bom, chega de papo: vamos conferir o que as estrelas da noite escolheram para vestir. Não necessariamente nossos preferidos, mas as escolhas delas, já que UAU mesmo era só o vestido da Taylor Swift.

Anna Faris:

Grammy vestidos

Beyoncé:

beyonce2

Ciara, grávida e linda (como Sophy…):

ciara

Julia Roberts:

julia-roberts

 

keltie-knight

Madonna e David Banda, seu filho cheio de personalidade (será que “puxou” quem?). Eu o vi sendo entrevistado e achei-o muito fofo!

56th GRAMMY Awards - Red Carpet

Paris Hilton

parishilton

Paula Patton

paula-paton

Pink (sendo mais clássica). Sua performance foi incrível!

pink

Rita Ora foi com um Lanvin que mostramos para vocês ainda no showroom em Paris! Uhuuuu! :D

rita-ora-reuters

Muitos metalizados na premiação:

rs_560x415-140126202824-1024.glitter-dresses.cm.12614_copy

Queen Latifah

Screen Shot 2014-01-28 at 08.49.57

A mais linda da noite (e olha que não sou muito fã dela…). Mas está cada dia mais linda mesmo. E o vestido, Gucci, perfeito.

taylor-swif

E a performance mais legal, mais fofa e “gracinha” foi do casal real do show business: Beyoncé e Jay Z. Fico observando os dois no palco e na “vida real” e penso: podem ser mais fofos, mais “queridos” um com o outro? Vejam o carinho entre eles após a apresentação. Awnnnnnnnn! :-D

Imagem de Amostra do You Tube

…e eu adooooooooooro essa música!

41

27 janeiro, 2014Por Cris Tamer

Bom, palavra dada, palavra cumprida! Semana passada estive na Disney com meus filhos e escrevi aqui que depois postaria algumas dicas do que fiz lá. Tentarei não ser óbvia e colocar algumas coisas diferentes ou pouco conhecidas para a maioria, ok?

foto 1

foto 2

foto 5

Disney Cris Tamer

Em primeiro lugar: apesar de ser um lugar que visito com bastante frequência e acredito conhecer bem (curiosidade: quando “menina”, fui guia na Disney por uma temporada para ganhar “uns trocos” rs!), dessa vez fiz uma coisa que me fez ganhar MUITO tempo e ir A TODOS os brinquedos que quis sem pegar fila e sem perder tempo. Contratei um serviço de guias só de parques da Disney/Universal/Lego (o que você quiser) através de uma agência do Brasil, a GSP Tour, serviço Vip Yourself. Funciona assim: eles (os guias) são experts nos parques, sabem de tudo, absolutamente tudo o que, quando e como está acontecendo naquele dia. São extremamente organizados, “feras” em planejamento e maximização de tempo em qualquer parque. Eu, mesmo conhecendo bastante, levo dois dias para fazer um grande parque (como Magic Kingdom) para poder brincar e ver todas as atrações que quero. Com eles, em um dia fiz TUDO e ainda me sobrou tempo, muito tempo… Daí você decide se quer continuar no parque, passear em outro lugar, enfim… a gente ganha muito tempo com eles. Tudo porque, como eu disse, eles são muito bons em planejamento. Não tem essa de que “tô pagando mais, entro na frente dos outros” (ou por trás, como é na Universal). Eles se organizam para que estejamos nos brinquedos certos, na hora certa. Fiquei muito impressionada e passei dois dias com eles, em Magic Kingdom e em Hollywood Studios (deveria ter feito Epcot também…). Quem se interessar pode ligar na agência para mais informações ou para já contratar o serviço: (11)3231-4422.

Outros programas que fiz por lá e recomendo muito:

Assistir à queima de fogos de Magic Kingdom no terraço do restaurante Tomorrowland: segundo os atendentes da disneyworld.disney.go.com (dá para fazer tudo online mas em alguns casos eu liguei porque tinha algumas dúvidas), é a melhor vista para os fogos de Magic Kingdom. É uma “dessert party” (ou seja, cheguem “jantados”!), e eu gostei porque, à essa hora, e com crianças, dá para esperar os fogos sentadinha, descansando, e o melhor, sem tumulto. E eu me acabei nos morangos cobertos de chocolate que são servidos no buffet de sobremesa!

Disney Cris Tamer

Almoço e café-da-manhã com os personagens: um cláááááássico que as crianças sempre amam. O mais concorrido é o almoço ou jantar com as princesas no castelo da Cinderela, e aqui vai a minha dica, válida, aliás, para todos os programas concorridos na Disney que exigem reserva muito antecipada: caso não consigam, tentem sempre, na véspera, ligar para a central da Disney e verifiquem se não houve nenhuma desistência. Por sorte eu sempre consigo; então, não desistam “de primeira” se quiserem realmente uma reserva.

Este ano eu não quis voltar ao ‘Chef’s Mickey’ para o café-da-manhã; ao invés disso, experimentei um novo, o ‘Ohana, no Polynesian Resort. Tem o Mickey, o Pluto, Lilo e Stitch e o café é servido todo na sua mesa, não é necessário levantar-se para ir ao buffet. Eles servem quantas vezes forem necessárias, e não é aquela “esbórnia gastronômica” do ‘Chef’s’ no Contemporary. Bom para variar, e as crianças amaram!

Disney Cris Tamer

E os famosos waffles do Mickey estão lá também! Yummy!!!!!!

Disney Cris Tamer

Almoço ‘mara’ e tranquilo: no Hollywood Studios tem um dos restaurantes que mais gosto, e ele é um oásis no meio do parque pela tranquilidade e calma que é lá dentro. Estou falando do ‘Sci-Fi Dine Restaurant’, na minha opinião, o restaurante mais legal dos parques. Todas as mesas são adaptadas dentro de carros da década de 50, e o ambiente reproduz um drive-thru da mesma época. Dentro é escurinho, calmo, pois todos, inclusive e principalmente crianças, ficam vidrados nos filmes ‘trash’ que passam no telão. Divertido e providencial! Adoro!

Disney Cris Tamer

Comer caramelos, frutas cobertas com chocolate e doces deliciosos na Karamell Kuche no Pavilhão da Alemanha em Epcot: puxa… precisa explicar mais alguma coisa? ;-D

Disney Cris Tamer

Claro que os doces do Pavilhão da França e os sorvetes do da Itália são maravilhosos, mas é bom variar e conhecer coisas novas, não? E ao começar o post escrevi que tentaria não ser óbvia, certo? :-)

A “Paris” de Epcot:

Disney Cris Tamer

Pausa para planejamento na pizzaria Via Napoli (deliciosa!) na Itália. Olha o mapa todo rabiscado!

Disney Cris Tamer

Novidade: há menos de um ano algumas Starbucks foram abertas em alguns parques. Fui a duas: a de Magic Kingdom e a de Epcot.

foto 3

Nova atração: ‘Talking Mickey’ em Magic Kingdom. É concorrida mas vale muito a pena. Este Mickey fala e interage com a criança; meu filho de 3 anos ficou enlouquecido! E segundo a Kirsten, a guia que me acompanhou em Magic Kingdom, ela nunca viu esse Mickey repetir nenhuma fala com nenhuma criança, acreditam? Eu fiquei encantada com a atenção e o carinho dele com cada uma. Imperdível para quem tem filhos pequenos.

foto 2

Como não gostar?

Disney Cris Tamer

E claro, passear bastante por Downtown Disney!

foto 3

foto 4

Disney Cris Tamer

Em suma: não se limite ao que é conhecido e todo mundo faz na Disney. “Fuce” bastante, pesquise bastante, pergunte bastante. As fontes são várias: blogs (como esse que vos fala! rs!), o blog da Disney (sim, eles também têm), o site oficial da Disney, seus atendentes (eles são ótimos!)… quer fazer diferente e que seja especial? Então não tenha preguiça de pesquisar e perguntar, viu? E se for para aproveitar ao máximo as atrações dos parques, recomendo o serviço de guias Vip Yourself que eu indiquei no primeiro parágrafo. Vai sobrar até tempo pra explorar as outras atrações de Orlando.

Com o Jamie, meu guia em Hollywood Studios:

Disney Cris Tamer

Ah! E baixem o aplicativo Disney World no celular antes de viajarem. Além de muitas coisas, ele dá o tempo de espera de cada brinquedo no parque que você está. É providencial, viu? E a Disney tem wi-fi nos parques; funciona muitíssimo bem para quem não quiser usar a internet do celular.

Bom… espero que gostem!

Fotos: Bettys

 

85