Score
14 junho, 2011Por Betty Girls

Lembram dessa estante?

Ela fazia parte desse post aqui.

Semana passada fui conferir a edição 2011 da Casa Cor SP. Por lá, vi uma estante muito bacana, com um conceito bem parecido com essa, e na qual a estrutura ficou visível pela produção que foi feita. Amei e precisava mostrar para vocês.

Essa fofa está na Sala Íntima e foi criada pelos arquitetos Samy e Ricky Dayan.

Fotos: Bettys

Postado por: Michelle Mariotto

0

10 maio, 2011Por Betty Girls

“Eu havia acumulado muito poucos objetos pessoais no caminho. Depois de todos esses meses em meu pequeno apartamento, as paredes ainda estavam nuas, as prateleiras, vazias. Talvez eu nunca tivesse pretendido me instalar aqui.”

Lendo o trecho acima em A Hospedeira, de Stephenie Meyer, parei para pensar no quanto isso é verdade. Já perceberam como os pequenos detalhes de uma casa contam a história de seu morador? E que essa relação de objetos decorativos/pessoais expostos nos ambientes denunciam o tempo de estada ou até mesmo quanto à vontade alguém se sente em determinado espaço?

Coleções, quadros especiais, souvenirs, fotografias, livros… Detalhes pessoais individualizam e enriquecem a decoração. Vamos ver?

As pranchetas de Hervé Pierre

Miniaturas de chapéus e fascinators – também de Hervé Pierre.

Gaiolas e referências orientais – dá para imaginar a personalidade do morador, não?

Aqui os objetos pessoais “fizeram” a mesa de cabeceira – que tem como base um móvel super simples!

Livros, flores e a bela escultura formaram uma composição delicada e feminina... Também é possível imaginar a personalidade da moradora, não? Porque a dona desse espaço é certamente uma mulher!!! Rsrsrs...

Outra composição que eu adoro! Vários objetos distintos, cada um contando uma história... A coleção de copinhos é bem fofa!

Esses ovos esculpidos não são muito meu estilo, mas gostei da composição!

Qual será a história da saia?

Amei o efeito dessa exposição da coleção de chapéus!

Dá para dizer que essa estante foi apenas produzida para a foto? Eu aposto que não foi!

Porcelanas antigas ou com essa carinha vintage também causam um belo efeito!

E que tal usar um manequim de alfaiate como cabide decorativo? Eu quero!!!

Adorei essa parede! Bagunça organizada, com muitas referências pessoais: fotos, livros, quadros, souvenires, desenhos, bolsas, skate... Mistura inusitada que deu certo.

Aqui – mais que os quadros – o que me chamou a atenção foi a coleção de bases de luminárias douradas – não parecem castiçais?

Belo sapato! Por que será que virou decorativo? Eu imagino mil histórias...

Fotos: Reprodução

Postado por: Michelle Mariotto

0

15 março, 2011Por Betty Girls

Já falei algumas vezes que sou apaixonada por livros, né? Acho que não é uma grande novidade… Além de nos reservarem surpresas, lições, entretenimento, informações, muitos deles são também belas contribuições decorativas – além de dizerem muito a nosso respeito! Eu tenho alguns, morro de ciúmes, cuido bem e quero ter sempre mais. Sonho com um apartamento maior para poder ter um canto de leitura com estantes de sobra… Por vezes, só olhar para alguns deles me traz boas lembranças, reaviva memórias, inspira boas idéias… Então, como guardá-los – ou expô-los?

Há algum tempo armazeno fotos de coleções de livros, bibliotecas, formas diferentes de empilhá-los e hoje vou mostrar algumas para vocês. Desde os mais descontraídos até os portadores de toc – e algo me diz que estou mais perto dessa categoria, rsrsrs – passando pelos super colecionadores e pelos cultivadores de poucos e bons, tem para todos os gostos!

o singelo

Básico e moderno – ótimo aproveitamento para um cantinho semi morto!

Inovador – brincadeira de cheio e vazio! Detalhe para a saga Crepúsculo na prateleira superior à direita...

Clássico – sonho!!!

Clássico modernizado - alegre e impactante. Mucho me gusta!

Solução arquitetônica simples e útil. Adoro nichos e amei a cor escolhida para o fundo!!!

Bagunça organizada? Repare no móvel em acrílico que dá sustentação e quase some no contexto.

Aqui tem um truquezinho estrutural. Um trilho na parede sustenta algumas chapas metálicas com alturas reguláveis que servem de base para os livros. Parece uma coluna única, mas na verdade são várias pilhas. Como eu sei? “Eu vi num livro” rsrsrs...

Sonho de consumo – moderno, com fácil acesso e organizado! Muita cara de livraria?

Canto para leitura com livros e revistas à mão – e provavelmente uma lareira próxima. Parece bom, hein?

Essa bem podia ser minha casa... Pé-Direito alto, muita luz natural, cores neutras e espaço de sobra para muuitos livros

Esse cantinho também parece muito aconchegante!

Aqui a composição de volumes e cores cria um ponto focal na decoração, compondo com a biblioteca da foto de cima...

E vocês, gostam de livros? Como guardam os seus?

Fotos: Reprodução

Postado por: Michelle Mariotto

0