24 maio, 2011Por Betty Girls

Ahn??? Eu explico: é que criei o hábito – ou seria mania? – de marcar nos livros as referências a arquitetura e decoração… Já tinha feito isso aqui no post da bagagem, lembram? E no livro que indiquei no post de sexta – A elegância do ouriço – eu tinha marcado esse trecho:

…”É verdade que decoramos nossos interiores com redundâncias.”

“Com quê?”, pergunta Manuela.

“Repetições, como na casa dos Arthens. Os mesmos abajures e vasos em dobro sobre a lareira, as mesmas poltronas idênticas de cada lado do canapé, duas mesas-de-cabeceira idênticas, séries de vidros parecidos na cozinha…” …”

No contexto do livro, um novo vizinho tinha acabado de se mudar, mas reformou e redecorou o apartamento todo antes de chegar. E na decoração dele não havia um objeto sequer em simetria com outro – o que causou enorme estranhamento numa das vizinhas tradicionalistas…

A verdade é que o conceito de simetria está super vinculado a decorações mais clássicas – o que não impede que usemos em conceitos contemporâneos. Podemos criar ambientes modernos usando simetria – apesar de a falta dela gerar ambientes super personalizados – mas dificilmente encontraremos ambientes clássicos sem simetria.

Vamos ilustrar?

Alguns ambientes em total simetria, outros com ela apenas sugerida. Mas todos com um toque simétrico…

Fotos: Reprodução

Postado por: Michelle Mariotto

0

21 julho, 2010Por Cris Tamer

A nova coleção de sneakers Christian Louboutin para os meninos modernos já está em algumas lojas dos Estados Unidos e Europa:

De oncinha e de couro metalizado

De cristais

Poxa, mas tem que ser bem moderno mesmo, né? Ou o namorado/marido de vocês encaram numa boa????

0