Score
15 julho, 2015Por Sophia Alckmin

O Torre de Palma, Wine Hotel é um empreendimento hoteleiro familiar e acolhedor, é como se fosse uma grande casa em pleno Alentejo. Composto por oito casas típicas alentejanas, a decoração de cada quarto é diferente, dá para escolher a acomodação de acordo com nosso estilo. Isso sem falar no cenário, parece de filme. Nos finais de tarde os hóspedes são convidados a subir na torre para acompanhar o pôr do sol degustando vinhos da região.

Aqui na chegada, no portão do hotel.

IMG_9726

Logo na entrada da recepção a antiga bicicleta com legumes e verduras colhidos na horta do hotel.

torredepalma04IMG_9707

Foto tirada da torre, a propriedade é cercada por vinhedos.

torredepalma02 torredepalma03

A área da poscina

FullSizeRender 5

O hotel oferece diversas atividades como spa, passeios a cavalo, degustações de vinhos, visita às ruínas romanas de Torre de Palma, passeio de balão, canoagem, passeios de bicicleta…

torredepalma07 FullSizeRender 3

Aqui a decoração de um dos quartos, este é o Rei, foi o que eu fiquei.

FullSizeRender 6FullSizeRender 2 FullSizeRender

Dá para acreditar neste pôr do sol?!!!!

IMG_9758 FullSizeRender 4 torredepalma06IMG_9747torredepalma00 torredepalma01

33

15 julho, 2015Por Sophia Alckmin

Em Lisboa alugamos um carro para viajar por Portugal, viajamos pela região do Alentejo. Nosso primeiro destino era Torre de Palma, no caminho paramos em Évora, uma cidade medieval linda, cercada por muralhas do século XIV. Ela é considerada uma cidade museu.

IMG_3158 IMG_9686 evora05 IMG_3160 IMG_3159

Restaurante Fialho – super tradicional. A comida é ótima, tem que ir.

Restaurante-Fialho-em-Evora-esta-entre-os-favoritos-dos-brasileiros-no-AletejoFoto-Bruno-Agostini Restaurantes_Fialho evora

O Templo Romano – um dos símbolos da presença romana em território português. Estima-se que tenha sido construído no século I d.C.

A Capela dos Ossos – fica na Igreja de São Francisco. Era um espaço de oração e meditação sobre a efêmera condição humana, construída por padres franciscanos no final do século XVI, com os ossos que estavam nos túmulos das igrejas e cemitérios da cidade. Sobre a porta de entrada está a célebre inscrição, destinada pelos frades à meditação dos visitantes para servir como uma lembrete da brevidade da vida e da certeza da morte:

“NÓS OSSOS QUE AQUI ESTAMOS, PELOS VOSSOS ESPERAMOS”.

evora02 evora03 evora04

 

17

14 julho, 2015Por Sophia Alckmin

Enquanto estávamos em Lisboa fomos para Fátima, fica bem pertinho, cerca de 1h20 de carro. Como eu já contei, fizemos a viagem para participar de um casamento e para as bodas dos avós do meu marido. A família dele toda estava lá. Alugamos 2 ônibus para irmos todos juntos para Fátima. A tia do Ma ainda conseguiu organizar uma missa para os avós dele. O santuário é muito especial, recomendo MUITO a visita, não deixe de assistir a missa também.

IMG_9118 fatima03

Alexa feliz da vida com Seu Eurípedes e Dona Wanda, avós do Ma. Infelizmente não tirei a foto com o pai dele junto para completar as 4 gerações, uma pena mas pelo menos registrei 3.

fatima01 fatima02 IMG_9123 fatima04 fatima05

Depois do Santuário de Fátima vale muito a pena ir almoçar no Tia Alice, a comida é maravilhosa!!!

IMG_9158 fatima06

17

13 julho, 2015Por Sophia Alckmin

Quem me segue no instagram (@sophiaalckmin) viu que fiz uma viagem maravilhosa para Portugal. Fui para o casamento de uma prima do meu marido e para as Bodas de Diamante (60 anos de casados!) dos avós dele. As duas festas foram em Lisboa mas decidimos estender a viagem, alugamos um carro e fomos conhecer melhor Portugal.

Tenho um agente de viagens que amo!!! Faz uns 3 anos que conheci o Rogê da GSP Travel, ele organizou uma ida minha e da Cris para o fashion week de Paris. De lá para cá só viajo com ele. Além de organizar comigo todo o roteiro, ele sempre me dá dicas valiosas sobre todos os lugares, sabe os melhores programas, o que vale e o que não vale a pena fazer… enfim, até hoje ele só deu bola dentro!!! E para esta viagem conversamos bastante, tanto Mario quanto eu já conhecíamos Portugal, então queríamos um roteiro diferente, lugares novos. E ele nos sugeriu viajar para o sul do país. De Lisboa fomos para Torre de Palma (passando por Évora), depois Malhadinha Nova, e Comporta. Super recomendo este roteiro!!!

FullSizeRender

Esta foi nossa primeira viagem longa com a Alexa. Confesso que eu estava muito preocupada com o avião, não sabia como seria a reação dela, e tinha medo dela ter dor de ouvido ou passar a viagem inteira acordada… Peguei várias dicas que foram compartilhadas por outras mamães no meu instagram. Como a Alexa nunca tomou Dramin a pediatra não me recomendou dar no avião, disse que em alguns casos o efeito pode ser o contrário, a criança ficar ainda mais ligada. E eu também não queria dar remédio sem necessidade.

Levei a Alexa no carro com a roupa normal, e só um pouco antes de embarcar coloquei o pijama. Para tentar mostrar que estava na hora de dormir. Olha a carinha de sono.

IMG_8913

No nosso caso acho que o que ajudou foi ela chupar chupeta para dormir. Eu dei de mamar na decolagem, depois a chupeta e ela desmaiou. Acordou apenas no café da manhã!!! Ufa!!! Levei comigo a naninha dela e um cobertor que ela usa em casa, acho que isso ajudou também. E ela foi no meu colo a viagem toda.

Como na viagem eu ainda amamentava usei camisa na ida e na volta.

alexa00

Outra dica importante é levar um carrinho prático. Fiz conexão em Madri e tive que esperar quase 3 horas na ida e 6 horas na volta, para o meu próximo voo. Com o carrinho dá para a criança dormir, sentar para comer, e serve até para pendurar as bolsas. Falando em bolsas: na da Alexa levei mais 2 conjuntos de roupas, brinquedinhos, fraldas, água, e papinhas. Sei que o assunto papinhas prontas é polêmico mas não sou radical. Ela come bem e tudo muito saudável, antes da viagem minha pediatra me sugeriu dar uma papinha pronta para ver se ela comia, ela comeu. Assim levei comigo 3 na bolsa para alguma emergência. Levei mais 5 na mala e valeu a pena. Tive que dar um dia porque não deu muito certo a comida do restaurante. Dei sem neuras, acho que o importante é manter uma rotina saudável, mas numa emergência não vejo problemas.

alexa01

E como sei que todo mundo vai me perguntar da alimentação da Alexa… Ela estava com 11 meses e já comia de tudo. Então nos restaurantes eu sempre pedia um grelhado (frango, carne ou peixe) que eu mesma desfiava na hora, um prato de legumes cozidos e arroz ou purê. Nos jantares eu repetia este tipo de refeição ou pedia uma sopa de legumes com carne ou frango desfiado. Também dei macarrão. E durante o dia frutas.

Fizemos todo o roteiro de carro. Vale a pena, tudo fica perto e parávamos quando dava vontade. Fomos visitando cidades, e monumentos, além de restaurantes que queríamos conhecer.

alexa02 alexa03 alexa04

Bom, esta é apenas uma introdução. Agora tenho uma série de post com dicas de hotéis, restaurantes, passeios… O primeiro já entra agora, em seguida!!!

 

30